Publicações
Revista Municipal nº 33
Notícias

A CPCJ de Celorico de Basto apresentou à comunidade o projeto “Tecer a prevenção”

11-04-2017

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Celorico de Basto apresentou no dia 8 de abril o projeto “Tecer a Prevenção” numa cerimónia que contou com a presença de várias entidades, locais e nacionais, com competência em matéria de infância e juventude. A ação foi presidida pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, e contou com a presença do presidente da Comissão Nacional, Armando Leandro.

A abrir a sessão o presidente da Câmara Municipal disse que “esta é uma iniciativa de louvar, desenvolver um programa sobre uma temática tão importante como a prevenção dos maus tratos na infância. Um programa que inclui toda a comunidade desde as entidades de primeira linha, aos pais e encarregados de educação até às próprias crianças” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. Joaquim Mota e Silva salientou a importância desta entidade que “faz um trabalho meticuloso, bem estruturado, baseado na discrição e na seriedade, que zela, em primeiro plano, pelo bem-estar das crianças, para que cresçam saudáveis em ambiente familiar. A apresentação deste projeto demonstra o empenho desta entidade em estar mais próxima da população, com uma comunicação mais abrangente desenvolvida em estreita parceria com as entidades de 1ª linha consciencializando um maior número de pessoas para uma temática tão importante” realçou o autarca.

No mesmo sentido, Nélida Mota Campos, presidente da CPCJ de Celorico de Basto, fez o retrato da CPCJ local, que conta com 13 anos de existência, com uma apresentação breve, indo de encontro ao projeto apresentado neste fórum de participação diversificada mas, sobretudo, com profissionais cujas funções contemplam a investigação e/ou intervenção com crianças e jovens, muitas vezes em risco ou perigo e suas famílias, “procurando assim colocar a criança como sujeito de direitos, dando-lhe centralidade no sistema de promoção e proteção.”

Enquanto representante da Câmara Municipal, onde a comissão tem a sua sede, agradeceu todo o apoio logístico, recursos humanos e financeiros disponibilizados pela autarquia para o bom funcionamento desta CPCJ, expressando o seu apreço pelo trabalho sério e empenhado dos representantes das entidades nacionais e locais que necessariamente compõe a CPCJ de Celorico de Basto, realçando também a camaradagem e espírito de equipa que norteia esta comissão.

“Este projeto inclui toda a comunidade, busca a prevenção, a sensibilização, procura salvaguardar o bem-estar das crianças. É um trabalho para levar adiante durante os próximos três anos, havendo já ações calendarizadas. Fizemos o levantamento das principais problemáticas que põem em causa os direitos das crianças e é nessas que vamos investir, procurando envolver toda a comunidade, porque cada cidadão é responsável pelo crescimento saudável das nossas crianças” refletiu.

A apresentação do projeto/plano estratégico local de promoção e proteção dos direitos da criança, com ações para o triénio 2017 – 2019, foi da responsabilidade de José Sousa e Albertina Moreira, comissários da modalidade alargada da comissão tendo culminado com a leitura do poema de Fernando Pessoa “Olha-me rindo uma criança”.

A mentora nacional e orientadora do projeto em Celorico de Basto, Noémia Bandeira, enviou a sua mensagem, partilhada por Fernanda Almeida, da coordenação regional da CPCJ, “hoje, como eu gostaria de estar Celorico de Basto e convosco tecer a prevenção, começando pelo tecer de elogios, a quem com tanta mestria soube fazer acontecer, o que há dois anos atrás parecia uma tarefa impossível: colocar à disposição da comunidade de Celorico de Basto um Plano Local para a Promoção dos Direitos das Crianças”. Acrescentou considerar que as crianças e os jovens em Celorico de Basto têm, na Comissão de Proteção, um espaço de pessoas atentas, preocupadas e tecnicamente competentes.

“A Comissão de Proteção concretiza mais um passo, importante, no aprofundamento da qualidade da sua intervenção, quando vem afirmar, em estreita articulação com a comunidade, o seu compromisso no domínio da promoção dos direitos e da prevenção das situações de risco, competências que lhe estão legalmente atribuídas na lei de proteção de crianças e jovens”. O Plano estratégico para a prevenção, sustentado num diagnóstico das principais problemáticas, dos fatores de risco e de proteção, constitui-se como um instrumento indispensável a uma intervenção qualificada neste domínio, daí a sua importância.

A terminar a sessão o presidente da Comissão Nacional, Juiz Conselheiro Armando Leandro, felicitou a CPCJ pelo trabalho desenvolvido, mostrando-se positivamente agradado com os objetivos e as responsabilidades inerentes ao projeto. “ Quero felicitar todas as entidades presentes mas sobretudo a comunidade de Celorico de Basto, porque todo o cidadão está implícito neste projeto. Esta Comissão veio mostrar que é momento de presente com um sentido enorme de futuro, visível com esta ideia clara de que sem qualidade na infância não teremos qualidade humana. Tudo o que respeita à criança é nossa missão essencial se queremos um desenvolvimento de qualidade temos que agir para que tenha uma infância de qualidade onde estejam salvaguardados os seus direitos” realçou. O presidente da Comissão Nacional destacou a forma “brilhante como esta comissão compreendeu a necessidade de crescer com a criança, tornando-a uma prioridade das políticas, das ações, das organizações. Não basta querer é preciso efetivar, é preciso prevenir, é preciso evitar é preciso um trabalho transversal, unindo toda a comunidade em prol de uma infância de qualidade” concluiu.

Recordar ainda que o presidente da Comissão Nacional foi recebido nos Paços do Concelho pelo Vereador da Cultura da Câmara Municipal, Fernando Peixoto, juntamente com todos os comissários que integram a CPCJ de Celorico de Basto tendo tido a oportunidade de conhecer as instalações onde fica sediada a CPCJ.

Município de Celorico de Basto 2017 - Todos os direitos reservados

Esta página é cofinanciada por...

Desenvolvido por