Publicações
Boletim Municipal nº34/2018
Notícias

Emoção, arte e dedicação evidenciados na Via Sacra ao vivo em Celorico de Basto

08-04-2019

Igreja Paroquial de Britelo, em Celorico de Basto, foi, este domingo, o ponto de encontro de dezenas de fiéis que quiseram assistir à encenação dos passos de Jesus desde a condenação à morte na cruz. Momentos emotivos vivenciados pelos intervenientes e pelos fiéis que assistiram a esta Via Sacra.

Promovida pelo programa Celorico Mexer da Câmara Municipal de Celorico a Mexer em parceria com o Arciprestado de Celorico de Basto, a Via Sacra voltou a inebriar todos aqueles que integraram estas celebrações inerentes ao tempo da Quaresma, um momento “único, que nos ajuda a crescer na esperança, fortificada por esta caminhada de amor”.

Uma caminhada difícil representada de “forma exemplar e comovente, com o envolvimento de todos os que integram este programa onde foi evidenciada a fé, a esperança fortificada por esta caminhada difícil, dolorosa mas uma caminhada de amor, de amor por todos nós” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. O autarca agradeceu a entrega de todos os colaboradores e beneficiários deste programa e ao Arciprestado que permitiram a realização deste momento de fé e enalteceu a forma sentida como todos se entregaram a cada momento representado, evidenciando claramente a esperança num novo amanhã, caminhando cada qual com a sua cruz. “Todos nós, nas nossas vidas, carregamos uma cruz, e cada um deve saber levar essa cruz movido pelos sentimentos de fé, de esperança, acreditando sempre num novo amanhã, dando sempre o melhor de nós”. De facto, continuou “o que nos ensina a Páscoa é o reflexo de Jesus em cada um de nós, e o que nos pede é que caminhemos orientados por sentimentos positivos e sadios”.

As 14 estações da Via Sacra foram representadas de forma figurativa, todas elas acompanhadas por cânticos próprios que deram ainda mais simbolismo a cada momento representado.

Segundo o Arcipreste de Celorico de Basto, Albano Costa, “esta foi uma encenação sentida, vivida com emoção, cheia de arte, feita de maneira piedosa”. O Arcipreste agradeceu a forma empenhada, dedicada e “grandiosa” como este momento da vivência cristã foi retratado. “Agradeço, em nome do Arciprestado, na figura do Sr. Presidente da Câmara Municipal, a forma como fizerem esta encenação, disseram-nos que é possível, no nosso tempo, ir ao encontro do que se passou na Palestina, obrigado por tudo o que fizeram, porque não é só fazer as coisas, é a forma como se fazem, o espirito com que se fazem, e nada foi fingido, tudo foi natural, tudo foi cristão, uma prova de cultura não apenas popular, mas religiosa, um conhecimento profundo da vivencia de cristo, um retrato de um momento marcante na nossa vivência como cristãos que nos diz mais do que muitos sermões e pregações” disse o arcipreste visivelmente emocionado. Albano Costa continuou alegrando-se pela capacidade de colaboração entre o arciprestado, a Câmara Municipal, os seus colaboradores e todos aqueles que são beneficiados pela alma cristã, todos os celoricenses particularmente aqueles que muito dão ao concelho pelo seu empenho, dedicação e forma de viver. Esperamos que seja possível continuarmos com este espirito de colaboração fraterno de modo que no Natal do Senhor celebremos o seu nascimento com toda a alegria e na ressurreição do Senhor celebremos a nossa redenção com toda a consciência e com tudo aquilo que estes momentos nos proporcionam”.

O Arcipreste concluiu dizendo que “em nome dos sacerdotes de Celorico de Basto estou grato e faço questão de transmitir ao Sr. Arcebispo todo o trabalho, todo o saber, toda a dedicação desta apresentação. Neste extremo da diocese onde por vezes pensam que nada se faz, realizam-se ações e vivências desta dimensão, desta grandiosidade”.

Esta Via Sacra ao Vivo é a apresentação de semanas de trabalho nos locais de animação com os beneficiários, idosos, do programa Celorico a Mexer, principais intervenientes neste momento bíblico.

“Estamos todos verdadeiramente emocionados, durante quase duas horas vivemos, neste lugar de culto, uma das encenações bíblicas mais bonitas, mais emocionantes, mais tocantes. Um trabalho feito com o máximo rigor mas pleno de emoção, de sentimento, de entrega ao sofrimento de Jesus” enalteceu Helena Martinho, Coordenadora dos Serviços Sociais e de Saúde do Município.

 

 

Município de Celorico de Basto 2019 - Todos os direitos reservados

Esta página é cofinanciada por...

Desenvolvido por