Publicações
Revista Municipal nº 33
Notícias

Idosos do concelho de Celorico de Basto sensibilizados na Semana para a Igualdade

04-12-2018

“Combater o medo e a vergonha de denunciar leva idosos a sofrer em silêncio”

Em Celorico de Basto decorreram ações de sensibilização contra a violência sobre a pessoa idosa. Ações que procuraram informar e esclarecer os idosos para as diferentes formas de violência, e como se protegerem dessas situações, na ótica da promoção da igualdade.

“A semana para a Igualdade existe para sensibilizar sobre as questões da violência e da igualdade, e a intenção é chegar a todos, crianças, jovens, adultos e idosos, pois só de uma forma consistente e assertiva, com ações de proximidade é que se consegue fazer a mudança”, disse Joaquim Monteiro da Mota e Silva, edil da Câmara Municipal de Celorico de Basto.

A Conselheira Municipal para a Igualdade, Helena Martinho, esteve presente nas sessões e constou que, de facto, ainda há muito medo de denunciar. “Infelizmente sabemos que ainda há muitos idosos a sofrer diferentes tipos de violência sobretudo psicológica e em contexto familiar. Por isso, queremos, com estas ações, dar-lhes a confiança necessária para que não tenham medo de denunciar, de pedir ajuda, de se dirigirem às diferentes instituições e dar a conhecer o seu problema. Queremos que percebem que não estão sós, que estamos aqui, enquanto Gabinete Girassol, para as ajudar no que for preciso, para as orientar, para as amparar quando tudo parece desabar”. A conselheira disse ainda que “é preciso combater o medo e a vergonha de denunciar leva muitos idosos a sofrer em silêncio, sobretudo mulheres que acham que essa violência deriva de algo mal que tenham feito. Ainda é preciso desmistificar esta questão, e lembrar aos nossos idosos, sobretudo mulheres que a violência deve ser erradicada e nunca será forma de resolver o que quer que seja”.

Durante a sessão, foram expostos os diferentes tipos de violência que muitos idosos ainda sofrem, desde a violência física, sexual e psicológica, e indicados os caminhos a seguir para denunciar essa violência. As entidades de primeira linha como a GNR, o Centro de Saúde, a Segurança Social são algumas entidades que acolhem a denúncia e a tratam da forma mais conveniente por forma a salvaguardar o idoso, assim como o Gabinete Girassol.

 A questão do medo e da vergonha foram muito abordados pelos idosos, que sentem que numa situação de denúncia poderão vir a sofrer represálias, e muitos, nesse contexto ainda preferem “sofrer em silêncio”.  

Município de Celorico de Basto 2018 - Todos os direitos reservados

Esta página é cofinanciada por...

Desenvolvido por