Publicações
revista municipal nº 36
Notícias

Município de Celorico de Basto quer fornecer telemóveis e outros equipamentos digitais à comunidade escolar.

22-03-2020

Joaquim Mota e Silva está preocupado com os efeitos do coronavírus na comunidade escolar e transmitiu à diretora do agrupamento de escolas a intenção de fornecer, aos alunos necessitados, os meios tecnológicos necessários para permitir o ensino à distância.

O Município de Celorico de Basto tem acompanhado com especial preocupação a evolução da situação relativa à pandemia pelo vírus COVID 19 no nosso país. Desde o início, tem mantido com todas as entidades uma posição de pró-atividade e proximidade, tentando encontrar soluções para um vasto conjunto de novos problemas que derivam dos constrangimentos criados pelo surto de coronavírus. A autarquia olha com especial preocupação para a comunidade escolar, que tem a sua atividade normal suspensa, sem perspetivas de poder ser retomada num futuro próximo. Para o autarca “esta é uma situação que afeta de forma especial toda a comunidade escolar, causando enormes constrangimentos aos alunos que estão em casa sem atividade escolar, aos professores que estão limitados na possibilidade de realizar o seu trabalho e aos pais e encarregados de educação que têm os seus filhos em casa com muito tempo livre e sem aprendizagem, numa altura em que se deve considerar que pode estar em causa a avaliação dos alunos”. O autarca justifica a medida como “uma atitude pró-ativa do Município que visa aproveitar as soluções tecnológicas disponíveis e a relação que os mais novos têm com as novas tecnologias e meios digitais, colocando-as ao serviço da aprendizagem, rentabilizando este tempo de forma produtiva”.

Nesse sentido e sabendo da carência de soluções tecnológicas que permitam a efetivação do ensino à distância, Joaquim Mota e Silva, transmitiu a Eduarda Alves, diretora do agrupamento de escolas a disponibilidade da Câmara Municipal em participar na aquisição de equipamentos tecnológicos: designadamente smartphones e outros dispositivos eletrónicos bem como ligações à internet, aos alunos que comprovadamente deles necessitem, para que numa situação de igualdade entre todos os alunos, se possa tornar uma realidade a possibilidade do ensino à distância, usando as tecnologias que existem no mercado, diminuindo assim o impacto negativo que esta situação de crise possa vir a ter na comunidade, sobretudo nos estudantes.

Joaquim Mota e Silva deu conta da abertura da diretora para esta proposta e elogiou “o brio e empenho dos professores, na busca de soluções para esta situação que é nova para todos e exige de todos, um esforço acrescido, na defesa dos interesses dos estudantes, garantindo que esta crise não condicionará o seu futuro”.

 

Município de Celorico de Basto 2020 - Todos os direitos reservados

Esta página é cofinanciada por...

Desenvolvido por