Publicações
Revista Municipal nº 33
Notícias

Município de Celorico de Basto salvaguarda Produtores/Engarrafadores de Vinho Verde

06-07-2018

Regras da XXI Feira de Artesanato e Gastronomia e Mostra de Vinhos promovem e protegem produtores/engarrafadores de vinho verde do concelho

Certame decorre em Celorico de Basto de 10 a 15 de agosto

Com o objetivo de valorizar, proteger e incentivar à produção e escoamento do vinho verde da região, o Município de Celorico de Basto aprovou, em reunião de executivo, regras restritas para a XXI Feira de Artesanato e Gastronomia. Uma decisão muito bem aceite por todos os produtores/engarrafadores e pela restauração que marcará presença no certame.

“Não podemos deixar de valorizar o que é nosso, o que nos identifica, o que nos transporta além-fronteiras. O nosso vinho verde é um produto de excelência, com lugar no mercado nacional e internacional e que tem que ser valorizado no nosso concelho, nas atividades que promovemos, nas ações que desenvolvemos” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. “A partir deste ano as regras são muito claras e devem ser respeitados por todos. Não podemos, numa atividade como a Feira de Artesanato e Gastronomia e Mostra de Vinhos, que é já uma referência a nível regional e até nacional, deixar de priorizar os nossos produtos locais”.

De facto, ficou bem assente que os vinhos só poderão ser comercializados na Mostra de Vinhos. Os mesmos não podem ser servidos/comercializados nos restaurantes, devendo ser adquiridos, pelos visitantes, nos stands dos vinhos. O não cumprimento desta regra poderá levar à expulsão do recinto da feira.

No certame estarão presentes 14 produtores/engarrafadores de Celorico de Basto, refira-se a presença de acordo com a inscrição de Modestus, Casa Senhorial do Reguengo, Quinta da Raza, Infusa – Quinta de Miramontes, Quinta Real de Baixo, Aromas do Viso, Cerrado Seco, Quinta de Carcavelos, Solar de Veade, Adega de Molares, Escola Profissional de Fermil/Souto Grande, Quinta Santa Cristina, Quinta de Barreirinho e Quinta da Chouza.

O preço mínimo por garrafa ficou fixado nos 4€ e os produtores/engarrafadores irão, no recinto, promover ações de prova gratuita para dar a conhecer a qualidade dos vinhos expostos, a todos os visitantes.  

Município de Celorico de Basto 2018 - Todos os direitos reservados

Esta página é cofinanciada por...

Desenvolvido por