Publicações
Boletim Municipal nº35
Notícias

Tributo ao Woodstock em Celorico de Basto

28-08-2019

Ambiente único proporcionou espetáculos memoráveis à plateia

 

O Woodstock decorreu em Celorico de Basto com a mesma magia de há 50 anos, no dia 24 de agosto, na Quinta do Prado. Um local idílico que atraiu centenas de pessoas numa noite mágica, onde não faltaram as grandes vozes de 1969 com tributos “absolutamente apaixonantes”.

 

O espaço foi preparado para lembrar uma noite épica e as expectativas não saíram defraudadas. “Foi muito bom, tivemos um ambiente espetacular, com muita gente e sobretudo apaixonados pelo género musical. Estou certo que fizemos uma justa homenagem a este festival” disse Artur Machado, um dos promotores desta noite.

 

Pela noite dentro foram várias as atuações que deixaram a plateia rendida sobretudo pela qualidade das interpretações. Desde as 22 até à 6h00, todos os caminhos foram orientados para a Quinta do Prado, onde teve lugar o festival, um espetáculo com entrada livre onde artistas locais mostraram o seu brio, com zé Faria e a sua banda a arrebatarem o público assim como Inês Calafate que interpretou as vozes femininas dos Fisbones. Mas pelo palco do Woodstock passaram ainda os kompromat, com a violinista russa a tocar temas de Jimi Hendrix e Álvaro Costa a recitar as músicas do mesmo. A Woodstock Ctb Blues, foi uma banda criada para tocar as músicas de blues que foram tocadas em 1969, com interpretações únicas dos temas. Esta festa contou ainda com a atuação dos ProudCreedence, em forma de tributo à banda Creedence Clearwater Revival, e a terminar a noite o palco foi todo do DJ set “Bros Brothers” de Maryzka e Álvaro Costa.

 O Vice – Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, salientou o empenho de Álvaro Costa, Artur Machado e dos técnicos do Municípios que se envolveram para “a realização de um verdeiro tributo a um festival que ainda hoje é marcante pelas vozes apresentadas e pelo conceito. Estamos muito satisfeitos com a organização deste evento sobretudo, pela forma como foi recebido e vivido por todos. Procuramos desenvolver o maior número de iniciativas culturais por forma a chegar a todos mas, cada vez mais, fazemo-lo com brio naquilo que apresentamos e respeito pelas nossas gentes, que vivem plenamente estes momentos culturais”.

Não estiveram 400 mil festivaleiros neste Woodstock mas estiveram muitos que não quiseram perder a oportunidade de relembrar um dos momentos musicais mais extraordinários na história da música mundial, relembrando o conceito do que o Woodstock representou e continua a representar.

 

Município de Celorico de Basto 2019 - Todos os direitos reservados

Esta página é cofinanciada por...

Desenvolvido por