Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos

Os resíduos sólidos constituem um problema ambiental por duas razões principais: por um lado, a sua quantidade é muito grande e não para de crescer, por outro, os resíduos podem conter elementos muito agressivos e perigosos que, individualmente ou reagindo entre si formando novos elementos, podem gerar impactes negativos muito graves para o meio natural recetor e para a saúde pública.  

Neste âmbito a Câmara Municipal de Celorico de Basto tem um conjunto variado de serviços nesta área, nomeadamente:  

A recolha de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), Fornecimento, Manutenção e Lavagem de Contentores é assegurada por uma empresa contratada para o efeito.  

Os resíduos sólidos urbanos, equiparados a resíduos sólidos domésticos, produzidos pelas pessoas em casa, nos escritórios e em estabelecimentos comerciais. 

A lavagem dos contentores é efetuada 4 vezes por ano.  

Neste momento encontram-se instalados na área geográfica de Celorico de Basto 1029 contentores para deposição indiferenciada de resíduos, e 114 ecopontos para colocação de vidro, papel e embalagens. 

Em 2021 foram recolhidos em Celorico de Basto cerca de 5600 toneladas de RSU o que corresponde à produção de 0.9 Kg de resíduos sólidos urbanos por habitante por dia, o que significa quase 317 Kg por habitante, por ano. Grande parte destes resíduos poderia ter sido colocado em ecopontos e enviados para reciclagem. 

Regras de deposição de resíduos: 

  • Depositar sempre o lixo dentro do contentor e em sacos plásticos devidamente fechados (no caso do contentor se encontrar cheio, desloque-se a outro contentor mais próximo ou guarde o lixo em casa, depositando-o no dia seguinte); 
  • Deixar o contentor sempre fechado; 
  • Não colocar publicidade no contentor; 
  • Não danificar o contentor; 
  • Não deslocar o contentor do local estabelecido. 

As árvores e plantas de jardins e quintais têm de ser cuidadas, podadas e renovadas.  

Estes restos são “resíduos verdes” e não devem ser colocados no contentor do lixo.  

Aproveita os troncos e os ramos para lenha, e as folhas e os caules para fazer composto doméstico. 

Os bio-resíduos – como cascas de fruta e legumes não são lixo, porque dão para produzir adubo natural. Pode fazer compostagem doméstica em sua casa, numa pilha, ou através de um compostor, ou então colocar no compostor comunitário do centro urbano mais próximo de si (Vila, Fermil, Mota e Gandarela). 

Encaminhe as suas pilhas para um pilhão, pois são um lixo pequenino que polui muito os solos e a água. 

O óleo dos fritos, depois de usado não deve ser descarregado na banca da cozinha ou no saneamento. Deve ser encaminhado para os oleões. 

Os monstros e monos são lixos muito volumosos como sofás, móveis e colchões estragados. 

Estes resíduos amontoados na natureza contaminam águas e solos, atraem animais que são foco de doenças. 

Marcar recolha gratuita 

Existem vários “Roupões”, que são contentores para colocar roupa e calçado usado. Depois de depositados seletivamente nestes contentores, estes materiais são encaminhados para quem mais necessita ou para reciclagem, evitando que o seu destino seja o aterro sanitário, reduzindo a necessidade de extração de matérias-primas da natureza para as atividades industriais, preservando assim o ambiente.  

A roupa deve ser colocada em sacos médios fechados, dentro dos contentores. 

Os ecopontos são conjuntos de contentores para recolha seletiva de papel e cartão, embalagens e vidro. Estão localizados em pontos estratégicos como escolas, zonas de maior aglomerado populacional, mercados e feiras. Os ecopontos são estruturas essenciais para a melhoria do nosso ambiente, porque podemos separar o lixo que vai ser reciclado e dar-lhe uma outra vida. 

O que deve colocar no ecoponto Amarelo

  • Garrafas e garrafões de plástico 
  • Embalagens de iogurtes e de leite 
  • Pacotes de plástico (arroz, massas, manteiga, bolachas)  
  • Embalagens de detergentes de limpeza e de produtos de higiene e beleza 
  • Latas de bebidas e conservas 
  • Sacos de plástico 
  • Esferovite 

O que deve colocar no ecoponto Azul

  • Todas as caixas de cartão (cereais, bolachas, chocolates, detergentes, sabonetes, de brinquedos, moveis etc.); 
  • Invólucros de cartão (packs de iogurtes, cervejas etc.); 
  • Sacos desde que feitos de papel; 
  • Papel vário (jornais, revistas, impressão e escrita); 
  • Envelopes, panfletos publicitários, bilhetes de espetáculos, transportes, etc. 

O que deve colocar no ecoponto Verde

  • Frascos de doces e conservas 
  • Garrafas de bebidas e azeite 
  • Frascos de perfume e cosméticos 

Conteúdo atualizado em 23 de Maio de 2022 às 16:28

Contactos

Câmara Municipal
Praça Cardeal D. António Ribeiro n.º 1
4890-291 Celorico de Basto


T. (+351) 255 320 300

E. geral@mun-celoricodebasto.pt

Enviar mensagem
Nome*
Privacidade
Nome*
Privacidade
Enviar mensagem